Notícias

de de

“Gestão financeira para propriedades rurais” foi um dos temas de destaques da Caravana Nação Agro em Canguçu/RS”

Hoje, uma das maiores adversidades da agricultura familiar é a gestão econômica financeira. O tema foi abordado pelo economista chefe da Farsul, Antônio da Luz, na Caravana Nação AGRO na manhã de hoje, dia 9, no Centro de Eventos de Canguçu.

Hoje, uma das maiores adversidades da agricultura familiar é a gestão econômica financeira. O tema foi abordado pelo economista chefe da Farsul, Antônio da Luz, na Caravana Nação AGRO na manhã de hoje, dia 9, no Centro de Eventos de Canguçu.

Conhecido na região, o economista ganhou a atenção dos mais de 130 produtores rurais que estiveram presentes no evento e receberam com entusiasmo as dicas do especialista. “Este tema é um dos maiores desafios que os produtores enfrentam e vai ser cada vez maior daqui pra frente”, afirmou Antônio da Luz.

Outro ponto alto do evento foi o produtor Simeão Silva Barbosa que narrou uma história de vitórias e conquistas. A vida no campo já estava escrita em suas mãos há 15 anos. Com o ganho de uma herança, comprou 38,5 hectares de terras na região do Alto Camaquã e começou a criar ovinos, inicialmente com 15 animais.

“Meu começo foi bem difícil. Perdi muitas ovelhas. Só depois que recebi orientações de técnicos da Embrapa e Emater que consegui deslanchar. Em função disso entendo que a informação e o conhecimento técnico são fundamentais para o sucesso do negócio”, afirmou.
Simeão mudou o sistema de alimentação dos ovinos, usou rodízio de pastagens e assim conseguiu manter uma boa pesagem dos animais o ano inteiro. O rebanho hoje tem 50 ovelhas criados a pasto e ainda 45 cabeças de gado. “A criação é feita em parceria com meus filhos, que ajudam na gestão financeira e eu fico no sítio cuidando dos animais”, explicou.

Uma prova de que o conhecimento e a troca de informações fazem a diferença, é o projeto Alto Camaquã que Simeão participa. Desenvolve o manejo para criação de ovinos em campo nativo, como estratégia para agregação de valor. O projeto tem por objetivo criar uma marca que traga identidade para a região Alto Camaquã e valorize a pecuária de produção familiar. 

“Dessa maneira vamos crescendo, evoluindo e são eventos como o Nação Agro que nos fazem pensar e criar maneiras de fazer mais com menos”, concluiu.

Amanhã, dia 10 será a vez de Santa Cruz do Sul/RS e quinta, dia 11, estaremos em Caxias do Sul/RS. Consulte o roteiro completo em www.mahindrabrasil.com.br/mahindra-lanca-projeto-parceria-com-canal-rural-capacitar-agricultores-familiares